A Julia de Lennon

Posted on novembro 17, 2011

0



Por Júlia Babo

John Lennon, conhecido vocalista dos Beatles, não teve uma infância fácil. Seu pai abandonou o lar quando ele tinha cinco anos, deixando-o sozinho com a mãe, Julia Lennon. Porém, ela não foi a responsável por sua criação. Ao casar-se novamente, a irmã de Julia, Mimi, não considerava correto que o sobrinho fosse criado por outro homem, chegando até a dizer que a irmã era incapaz de criar um filho. Assim, Lennon ficou sob os cuidados da tia.

Mimi deu educação à John, mas não amor. Apesar da mãe sempre o visitar, a casa da tia não era propriamente um lar. Pode-se dizer que Julia Lennon foi quem primeiro incentivou a música na vida do filho, já que foi ela que lhe presenteou com a primeira guitarra.

Em um dia de visita à John, Julia sofreu um acidente que a levou à morte. Um policial fora de serviço, que estava bêbado, acabou atropelando Julia. Lennon tinha apenas 16 anos na época. Depois de todos os conflitos familiares – separação e mudança para a casa da tia -, o ex-Beatle se deparava a maior de suas perdas. “Foi a pior coisa que me aconteceu. Pensei ‘Eu não tenho mais responsabilidade com ninguém agora’”, afirmou.

Em homenagem à mãe, Lennon escreveu três músicas: Mother, My mummy’s dead, e, a principal delas, Julia. Em “Julia”, Lennon homenageia a mãe repetindo seu nome na maioria das frases da música enquanto a descreve. Confira a tradução deste grande sucesso dos Beatles:

Metade do que digo é sem sentido
Mas eu digo só para tocar você,
Julia
Julia, Julia, criança do oceano, me chama
Então eu canto uma canção de amor, Julia
Julia, olhos de concha, sorriso ventoso, me chama
Então eu canto uma canção de amor, Julia
Seus cabelos de céu flutuante estão ondulantes
Reluzindo no sol
Julia, Julia, lua do amanhecer, toque-me
Então eu canto uma canção de amor, Julia
Quando não consigo cantar o meu coração
Posso apenas expressar minha mente, Julia
Julia, areia sonolenta, nuvem silenciosa, toque-me
Então eu canto uma canção de amor, Julia
Hum hum hum… me chama
Então eu canto uma canção de amor para Julia.
 
Anúncios